Vulpis Ad Personam Tragicam

Vulpis Ad Personam Tragicam (Phaedrus Fabulae)
Personam tragicam forte uulpes uiderat,
quam postquam huc illuc semel atque iterum verterat,
“O quanta species”, inquit “cerebrum non habet!”
Hoc illis dictum est quibus honorem et gloriam
Fortuna tribuit, sensum communem abstulit.

A raposa e a máscara de tragédia
A raposa viu, por acaso, uma máscara de tragédia
Depois de dar voltas de um lado para outro,
“Oh! tamanha beleza”, disse, “não tem cérebro!”
Isto foi dito para aqueles aos quais a fortuna concedeu honra e glória, porém tirou a razão.

raposa

persona, personae F — máscara; caráter, personalidade
tragicus, tragica, tragicum — trágico, de tragédia
fors, fortis F — sorte, acaso, acidente
vulpes, vulpis F — raposa
postquam — depois
huc — aqui, neste lugar, neste ponto
illuc — lá, para lá, naquele lugar
semel — uma vez, em uma ocasião
atque — e, assim; desde que, com, e além disso; mesmo, e também; igualmente; agora; e portanto
iterum — novamente, uma segunda vez; pela segunda vez
verto, vertere, verti, versus — virar, fazer voltas; mudar, alterar, derrubar, destruir
O — Oh!
quantus, quanta, quantum — quão grande, quão, que, tamanha
species, speciei F — vista, aparência, espetáculo; esplendor, beleza; gênero, tipo
inquiam, -, – — dizer
cerebrum, cerebri N — cérebro; em cima da cabeça, crânio; sede dos sentidos, da inteligência; ira, cólera
honos, honoris M — honra, respeito ; consideração; marca de estima, de recompensa, dignidade; graça.
gloria, gloriae F — glória (vã), ambição, renome
fortuna, fortunae F — sorte, destino; riqueza, prosperidade
tribuo, tribuere, tribui, tributus — dividir, tributar, conceder, repartir, atribuir
sensum, sensi N — pensamento, razão, senso
communis, communis, commune — comum, público, geral, universal.
aufero, auferre, abstuli, ablatus — retirar, roubar, apagar, remover, levar, varrer

LÍNGUA LATINA BÁSICA

Embora a (excelente) professora Giovanna Longo tenha apenas dado as boas-vinda e feito um “voo rasante” tanto pela estrutura geral do curso como por sua disciplina, eis aqui a a ementa da Língua Latina Básica. A bibliografia fica apenas como referência, uma vez que ela usará apostilas preparadas para a disciplina.

Curso: Letras
Modalidade: Bacharelado e Licenciatura Plena
Departamento Responsável: Linguística
Código: LNG1300
Sequência aconselhada: 1° ano
Obrigatória
Pré-requisito: Não há
Créditos: 04
Carga Horária total: 60 horas
Teórica: 60 horas
Prática:

Objetivos

Contribuir para a formação linguística do profissional de Letras, graças à competência mínima no sistema latino como recuo e contraste para a descrição e uso de línguas modernas, máxime do vernáculo.

Conteúdo Programático

1 Introdução ao estudo da língua latina (fortuna histórica; história interna/externa; princípios de fonética/fonologia).
2 A declinação ou o sistema de oposições morfossintáticas na frase.
3 Categorias flexivas X não flexivas.
4 Constância X flutuação: a morfossintaxe do nome e do pronome.
5 Constância X flutuação: a morfossintaxe do verbo.
6 Dicionário de uso e uso do dicionário de latim.
7 Sintaxe da frase e do período.
8 Texto e discurso em latim.

Metodologia de Ensino

1 Aulas expositivas; 2 Estudo dirigido: resolução e elaboração de exercícios; 3 Leituras programadas; 4 Resolução de exercícios.

Bibliografia

CART, A. et al. Gramática latina. São Paulo: TAQ/Edusp, 1986.
ERNOUT, A. Morphologie historique du latin. Paris: Klincksieck, 1974.
FARIA, E. Dicionário escolar latino português. Rio de Janeiro: MEC, 1965.
KERLOUÉGAN, F.; CONSO, D.; BOUET, P. Initiation au systéme de la langue latine: du latin classique aux langues romanes. Paris: Nathan, 1975.
LIMA, A. D. Uma estranha língua? Questões de linguagem e de método. São Paulo: Edunesp, 1995.
MARTINET, A. Elementos de lingüística geral. Porto: Sá da Costa, 1972.
PRADO, J. B. T. Língua latina: anotações de aula. Araraquara: [s.n.], 2004. Não publicado.
SAUSSURE, F. Curso de lingüística geral. 9. ed. Tradução de A. Chelini, J. P. Paes e I. Blikstein. São Paulo: Cultrix, 1980.

Obs.: os textos de autores latinos, tomados do acervo da Literatura Latina, serão aqueles estabelecidos nas coleções mais prestigiadas, tais como: Les Belles Lettres, Loeb, Teubner, Oxford, B.U.R., etc.

Critérios da avaliação de aprendizagem e atividades de recuperação

1 Provas escritas e/ou 2 Trabalhos de aproveitamento e/ou 3 Seminários de avaliação.

Atividades de recuperação: provas escritas e/ou trabalhos de aproveitamento.

Ementa

Introdução ao sistema linguístico do latim. A morfossintaxe do nome e do verbo.